Projetos Sociais

A Grandha acredita na retribuição. Por isso, patrocinamos projetos sociais para, dentro de nosso alcance, ajudar o nosso entorno.


Grandha contra o Formol

Conscientização aos profissionais e consumidores

O projeto Grandha contra o Formol nasceu de uma iniciativa da equipe de comunicação da Grandha no ano de 2012.

O objetivo era comunicar com clareza o porquê não trabalhamos com formol e de que formas ele pode agredir a estrutura capilar e a saúde das pessoas.

Clique no botão abaixo para conhecer este mercado negro.

Iniciativa da Grandha a transformou em referência na luta contra o uso de substâncias ilegais em alisamentos.


Formol e os Cartéis dos Alisamentos

Cientes de nossa responsabilidade em alertar os profissionais e consumidores acerca dos perigos do formol, produzimos em abril de 2012 um curta-metragem sobre o mercado ilegal que sustenta essa droga.


O que é o projeto e porque foi criado?

mais de uma década, o mercado cosmético brasileiro tem sido pujantemente atingido pelo uso absurdo e criminoso de formol como ativo químico em alisamentos capilares.

Nos últimos tempos, o Brasil passou a prestar mais atenção nesse assunto em decorrência da veiculação de reportagens e matérias sobre o formol em importantes redes de televisão.

Apesar disso, e embora muita gente já soubesse dos riscos do uso dessa e de outras substâncias ilegais, na maioria dos salões do país – e não somente nos salões humildes e pequenos das periferias – a aplicação desses produtos fabricados em fundo de quintal simplesmente continua.

Desde o início da propagação da praga do formol, a Grandha vem combatendo ativamente seu uso com um forte trabalho educacional e de troca de experiências e ideias com o profissional cabeleireiro.

Para denunciar o uso criminoso de formol:
cosmetovigilancia@anvisa.gov.br

formol10

Como saber se o alisante tem formol?

Os produtos que contêm formol, quando aquecidos, liberam uma fumaça tóxica muito densa.

Ao esfregar uma pequena porção do produto alterado nas mãos, o cheiro do formol aparecerá.

Nenhum procedimento legal, aplicado corretamente, causa dor, ardência, espirros, tosse ou irritações.


Já apliquei formol. Tem solução?

Depende. O que torna possível ou não a recuperação dos fios é a quantidade de aplicações já realizadas. Os cabelos só podem ser recuperados com muita nutrição e hidratação.

A cada aplicação a degradação do cabelo é potencializada. O cabelo fica dependente do formol, uma vez que a impermeabilização dos fios torna cada vez mais difícil a absorção de água, nutrientes e até mesmo do próprio formol, sendo assim, é preciso sempre um produto mais forte para manter a aparência externa. Isso leva o cabelo a um caminho que pode não ter volta.


Alternativas legais e saudáveis para alisamentos

Tioglicolato de AMP (Amino Metilpropanol)

O Tioglicolato de AMP (Amino Metilpropanol) é uma síntese do ácido tioglicólico e do amino metilpropanol. O inovador Tioglicolato de AMP é uma patente exclusiva da Grandha. Atua de uma forma incrível, reduzindo o volume, efetiva e progressivamente, sem escova ou chapa térmica, sendo indicado para:

  • Todos os tipos de cabelo, processados ou não com químicas diversas, desde que em condições saudáveis mediante comprovação técnica.

A verdade sobre o mercado negro do Formol

Você sabia que a responsabilidade legal pelo uso de formol no salão é somente do profissional responsável pelo estabelecimento?

Os fabricantes de produtos que contêm formol não o adicionam na formulação oficial. Para todos os efeitos, o produto sai limpo da fábrica e o formol é adicionado depois, de forma clandestina, em fundos de quintal e distribuído a partir de micropontos de mistura.

formol20



processoformol

Grandha em apoio ao Esporte

Patrocínio ao Tênis em Cadeira de Rodas

A Grandha tem muito carinho pelo projeto de apoio ao esporte. Mais especificamente, apoio ao Tênis em Cadeira de Rodas.

O atleta patrocinado por nós chama-se Sebastião Alves Silva, cadeirante desde 1995 e tenista profissional desde 2004. Uma verdadeira história de força, garra e superação.

Clique no botão abaixo para conhecer melhor o Sebastião!

Grandha aposta no exemplo do tenista cadeirante Sebastião Alves Silva para mostrar como foco, determinação e força podem mudar a vida de uma pessoa.




Perfil do Atleta Grandha

Nome: Sebastião Alves Silva
Nascimento: 25 de julho de 1964
Natural de: Águas Formosas, MG
Residente em: Taboão da Serra, SP
Profissional desde: 2004
Ranking Nacional Simples: 10° colocado
Ranking Nacional de Duplas: 8° colocado

5 vezes campeão em competições oficiais da Confederação Brasileira de Tênis.


lemassebastiao


Por que o Sebastião?

Escolhemos o Sebastião porque, além de acreditarmos no esporte, acreditamos em seu exemplo de superação como sendo o melhor benefício que o esporte pode oferecer.

Temos muito orgulho de estarmos juntos a ele nas competições Brasil afora. Investimos no Sebastião, ao contrário do que muitos possam pensar, não por caridade, mas porque acreditamos em seu projeto.

O que fazemos é propiciar condições de trabalho a um atleta profissional, que conquistou essa condição com muito esforço e dedicação. E temos muito orgulho disso!

“Em 1995, me tornei cadeirante após levar um tiro na coluna cervical e receber a notícia de que ficaria paraplégico para o resto da vida. O esporte me auxiliou muito e me deu um novo rumo na vida. Percebi com o tempo que se eu ficasse parado e me rendesse, não sobreviveria; então decidi entrar para o mundo do tênis e estou muito feliz. Penso que a deficiência está na cabeça das pessoas e eu encaro meus desafios sabendo que nada será fácil, mas mesmo assim vou motivado.”

Sebastião Alves Silva


Metas para o biênio 2015/2016

Primeiro Objetivo

Participar de todos os torneios do Circuito Brasileiro de Tênis em Cadeira de Rodas, organizado pela Confederação Brasileira de Tênis.

Segundo Objetivo

Buscar uma melhor classificação entre os maiores tenistas cadeirantes do Brasil. Essa condição viabilizará o status de atleta mundial.

Terceiro Objetivo

Participar do Circuito Latinoamericano, além de competições no Chile, Argentina, e, futuramente, Estados Unidos e Europa.

Quarto Objetivo

Alcançar a posição necessária para garantir uma vaga nas Paraolimpíadas, assim como em outras competições internacionais.