Facebook Grandha.
Instagram Grandha
YouTube Grandha
Compartilhe:

Acompanhe os artigos do Blog Grandha sobre beleza, saúde, dicas de penteados, cortes, utilização dos nossos produtos e muito mais. O Blog Grandha conta com especialistas em todas as áreas da tricologia, o estudo do cabelo. O autor e editor do Blog Grandha é o gerente de comunicações da marca, Diego Martins. O consultor técnico é o diretor técnico do Grupo Mart'bel, do qual faz parte a Grandha, para o Brasil e a Europa, Celso Martins Junior, também consultor do programa Bem Estar da Rede Globo, vice-presidente da ABT - Academia Brasileira de Tricologia e professor do curso de pós-graduação em tricologia da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, SP.

Colunistas

Artigos Recentes

    Artigos Populares

    Mulher lavando cabelo no lavatório.

    É Bom Lavar o Cabelo Todo Dia? Questão de Beleza e Também de Saúde

    Compartilhe:

    É Bom Lavar o Cabelo Todo Dia?

    Existem muitas perguntas acerca da frequência de lavagem correta: lavar o cabelo todo dia é prejudicial? O cabelo só deve ser lavado quando estiver oleoso? As dúvidas são muitas, por isso vamos direto ao ponto.

    Lavar o Cabelo Todo Dia: Higiene ou Exagero?

    A primeira coisa importante a se mencionar é que quando estamos falando sobre a higienização, não estamos falando apenas em couro cabeludo, mas também sobre a higienização dos fios, que podem ter necessidades diferentes.

    O nosso couro cabeludo, assim como o restante da nossa pele, é revestido por vários micro-organismos que compõem a nossa microbiota; dentre eles, a malassezia spp. Apesar de não ser queratinolítica, este fungo utiliza restos epiteliais e produtos de excreção para o seu desenvolvimento [1].

    Laranjas podres com fungos. Fungos se espalham pelo ar e, por isso, é importante lavar o cabelo todo dia.

    Organismos eucariotas, muitos fungos estão presentes no ar, em forma de esporos.

    Cuidado Com Fungos e Bactérias

    Como acabamos de notar, este fungo se alimenta da descamação diária imperceptível. Acontece que, para que essa descamação não se torne exagerada, devemos tomar alguns cuidados, como manter a frequência de lavagem em dia.

    Já que não vemos essa descamação a olho nu, isso quer dizer que o couro cabeludo, em condições normais, não ficará com aspecto de sujo. Por isso, o visual do cabelo não pode ser tomado como o único indicador do momento ideal para a lavagem.

    Porém, apesar de não serem visíveis, sabemos que estes micro-organismos se alimentam das células mortas da nossa descamação diária. Se essa descamação se acumula quando não higienizamos o couro cabeludo, isso significa que estamos oferecendo uma demanda maior de alimento para esses micro-organismos e facilitando sua proliferação.

    Lavar o Cabelo Todo Dia? Cada Caso É Um Caso

    É claro que cada pessoa tem a sua própria frequência de lavagem, de acordo com o seu estilo de vida, local onde mora, etc. Portanto, lavar ou não lavar o cabelo todo dia? Na média, podemos estabelecer a lavagem uma vez a cada dois dias.

    No entanto, vale lembrar que outros hábitos ainda podem colaborar com a proliferação desordenada de fungos e bactérias. Por exemplo: prender ou dormir com os cabelos molhados vai proporcionar um ambiente quente, úmido e abafado, totalmente adequado aos micro-organismos nocivos.

    Mulher lava cabelo todo dia. Fungos são perigo constante em casos de má higienização.

    Na média, podemos estabelecer a lavagem uma vez a cada dois dias.

    Caspa Pode Ser Indicativo de Lavagem Inadequada

    O desenvolvimento excessivo de um fungo comensal leveduriforme, pityrosporum (malassezia) ovale, está intimamente relacionado com a ocorrência de caspa, uma das alterações mais comuns que acometem o couro cabeludo.

    Estima-se que 50% da população adulta apresente este problema, o qual se caracteriza por descamação excessiva, difusa e visível do couro cabeludo, normalmente com irritação e coceira locais [2].

    Para tratar condições tão corriqueiras como essa, além de estabelecer uma periodicidade adequada de lavagens, é essencial escolher bem o produto que será aplicado. Produtos com altas concentrações de óleos essenciais específicos para controle de oleosidade, por exemplo, são excelentes escolhas.

    Kit Dry Confort Grandha, da linha Flores e Vegetais. Possui óleos de campim-limão, melaleuca e arnica montana. Ideal para lavar o cabelo todo dia, contra caspa e oleosidade excessiva.

    Kit Dry Confort possui poderosa combinação de óleos essenciais de arnica montana, capim-limão e melaleuca, para combater distúrbios de oleosidade.

    Conclusão

    Se o seu couro cabeludo e fios estão muito ressecados, a melhor estratégia não é diminuir a frequência das lavagens. Por isso, neste caso, o melhor mesmo é manter a periodicidade das lavagens, apenas tomando o cuidado de optar por produtos que sejam realmente adequados para o seu tipo de cabelo.

    Na dúvida, consulte um profissional qualificado, capaz de lhe orientar sobre essa escolha tão fundamental.

    Bibliografia:
    [1] (BROOKS et al., 2000; OLIVEIRA et al., 2006).
    [2] (HARRIS, 2002; NEMER, 2004; WARNER et al., 2001).


    Raissa Hein é Educadora Técnica Grandha, graduada e pós-graduada em tricologia e terapia capilar pela Universidade Anhembi Morumbi; cabeleireira, maquiadora e docente na Academia Brasileira de Tricologia e na pós-graduação da Universidade Anhembi Morumbi.

    Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

    Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


    Mulher recebendo aplicação de óleo de rosa mosqueta em sessão de terapia.

    Óleo de Rosa Mosqueta: Para Que Serve e Como Usar?

    Compartilhe:

    O Que é Óleo de Rosa Mosqueta?

    O Óleo de Rosa Mosqueta é extraído da rosa rubiginosa affinis, flor que pertence ao gênero Rosa, com aproximadamente outras 70 espécies de rosas do mundo todo.

    Trata-se de um óleo vegetal, originário da área do Mediterrâneo e da Europa Central, trazido para a América do Sul pelos colonizadores espanhóis. Hoje, cresce especialmente nas regiões sul e central do Chile.

    Óleo de Rosa Mosqueta.

    Óleos de rosas têm sido utilizados há séculos em todo o mundo.

    O Que São Óleos Vegetais?

    Os óleos vegetais são substâncias lipídicas, extraídas de plantas e possuem afinidades naturais com os tecidos orgânicos. Óleos vegetais são biocompatíveis com a pele e com os cabelos e, dessa forma, atuam na reposição dos ácidos graxos essenciais. Quando de boa qualidade, os óleos vegetais atuam na manutenção do manto hidrolipídico e na melhora da flexibilidade da pele.

    Ao contrário do que se pensa, os óleos vegetais puros não aumentam a oleosidade quando aplicados na pele e cabelos. Esta sensação ocorre quando são utilizados óleos minerais, pois estes causam semi-oclusão e evitam a penetração da água na pele e cabelos. sendo, por este motivo, bastante aplicado em bebês, nas trocas de fraldas.

    Aplicação de Óleo de Rosa Mosqueta em terapia capilar.

    Óleos vegetais de boa qualidade atuam na manutenção do manto hidrolipídico e na melhora da flexibilidade da pele.

    Óleo de Rosa Mosqueta Como Carreador

    O óleo de rosa mosqueta, assim como todos os principais óleos vegetais, também é muito utilizado para carrear óleos essenciais. O óleo vegetal tende a misturar-se imediatamente ao óleo essencial e ambos trabalham em sinergia. Isso não impede, porém, que sejam utilizados em forma pura – sempre com muito cuidado.

    O óleo de rosa mosqueta puro é popularmente conhecido por suas propriedades terapêuticas, pois apresenta 80% de ácidos graxos em sua composição – como os ômegas 6 e ômegas 9 – e grandes quantidades de vitamina A, vitamina C e vitamina D. Por isso, este óleo é considerado um dos mais eficazes na função regeneradora cutânea, pois promove a renovação da epiderme.

    Óleo de Rosa Mosqueta Grandha. Óleo Vegetal para uso na pele e cabelos.

    O óleo de rosa mosqueta puro é popularmente conhecido por suas propriedades terapêuticas, pois apresenta 80% de ácidos graxos em sua composição.

    Para Que Serve e Como Usar o Óleo de Rosa Mosqueta

    Seu uso será sempre associado a lesões e inflamações da pele. Pode ser aplicado em tratamento de dermatites, psoríases, feridas, queimaduras, úlceras, rejuvenescimento, tratamento de cicatrizes pós-cirúrgicas ou com função impermeabilizante.

    É capaz de evitar a desidratação da pele e promover a correção e regularização da sua superfície e do couro cabeludo. É muito eficaz no couro cabeludo, rosto, corpo e unhas. Por ser um óleo de um custo mais elevado, geralmente é empregado em conjunto com outro óleo vegetal, com uma proporção de 10% da mistura.

    Dica: Este óleo é sensível à luz e ao calor. Portanto, é preciso se atentar ao armazenamento, de forma a preservar suas qualidades fundamentais.


    Denise Pedrosa.

    Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

    Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


    Selagem e Redução de Volume Não São Progressiva, por Bruno Chimenes para o Blog Grandha.

    Selagem e Redução de Volume Não São Escovas Progressivas

    Compartilhe:

    Selagem e Redução de Volume

    No meu último artigo, tratamos das possibilidades de alisamento para cabelos descoloridos e super clareados. Pois bem: hoje falaremos sobre o procedimento da selagem e redução de volume.

    Qualquer profissional que trabalhe com alisamento entende que o mesmo produto que é capaz de alisar, pode também ser usado para redução de volume. Por isso, basta administrar a condição de partida do cabelo.

    Selagem e Redução de Volume Não São Progressiva, por Bruno Chimenes para o Blog Grandha.

    Qualquer profissional que trabalhe com alisamento entende que o mesmo produto que é capaz de alisar, pode também ser usado para redução de volume.

    Mais tempo de permanência do produto e o perfil de enluvamento determinarão a intensidade da acomodação da fibra. No caso da redução de volume, o controle é feito de forma que o resultado não chegue ao ponto de alisamento.

    Tioglicolato de AMP Não Tem Base Ácida

    A cada dia surgem propostas diferentes nesse campo. Na maioria das vezes, elas são associadas a bases ácidas que, como já vimos por aqui, destroem a fibra e causam males à saúde, tanto da cliente quanto do profissional de beleza.

    Contudo, nem sempre redução de volume está associada a uma transformação química. Também já vimos por aqui que tratamentos que reduzem o frizz podem diminuir significativamente o volume, em função da acomodação da fibra, do alinhamento de camadas de cutícula e da reposição lipídica do cabelo.

    Selagem e Redução de Volume Não São Progressiva, por Bruno Chimenes para o Blog Grandha.

    O Tioglicolato de AMP não promove desnaturação da fibra, nem causa o famoso efeito de vitrificação do cabelo.

    Tioglicolato de AMP na Selagem e Redução de Volume

    Porém, se quisermos ou precisarmos recorrer a um procedimento químico, podemos, também neste caso, contar com o Tioglicolato de AMP, que nos entregará o resultado que as clientes buscam na chamada selagem e redução de volume.

    Este procedimento não promove desnaturação da fibra, nem causa o famoso efeito de vitrificação do cabelo, efeito este que impossibilita ou dificulta procedimentos químicos posteriores, ao causar afinamento da fibra por perda de camadas cuticulares e distúrbios graves no couro cabeludo.

    Selagem e Redução de Volume Não São Progressiva, por Bruno Chimenes para o Blog Grandha.

    O Tioglicolato de AMP é ativo patenteado da Grandha.

    Você deve se lembrar que o Tioglicolato de AMP viabiliza várias possibilidades de trabalho, porque oferece ao profissional um nível elevado de segurança, uma vez que não é tóxico e trabalha numa faixa de pH muito próxima ao ponto neutro – (7,5 – 8,5).

    Portanto, note que aquilo que se chama de selagem e redução de volume no mercado hoje, não é muito diferente de uma escova progressiva. Podemos dizer que se trata de um produto de ação mais suave. Porém, isso não significa que seja menos agressivo, pois traz na sua composição os mesmos elementos tóxicos encontrados nos produtos “mais fortes”.

    Considerações Finais

    É isso senhoras e senhores: Grandha traz mais uma vez uma solução inteligente, completa e fácil de usar. Uma nova geração de profissionais está sendo formada e tenho orgulho de dizer que, meus colegas e eu, alguns deles colunistas neste blog, temos feito parte desse trabalho, levando informação técnica de qualidade e produtos inovadores Brasil afora. Sem dúvida nenhuma, a Grandha é parte importante desse projeto de renovação do mercado! Você vai ficar de fora?


    Bruno Chimenes é terapeuta capilar formado pela Academia Brasileira de Tricologia, cabeleireiro com mais de 20 anos de experiência, Técnico Master da Equipe Grandha Hair Care, docente do programa Papa Beauty e responsável técnico Grandha no estado de Santa Catarina.

    Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

    Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


    Page 2 of 69123...Last
    Faça Uma Avaliação Capilar Gratuita!Nossa Equipe Técnica analisará as condições gerais do seu cabelo e indicará procedimentos para atingir os resultados que você deseja.