Facebook Grandha.
Instagram Grandha
YouTube Grandha
Biossegurança para serviços de estética capilar, por Erica Cacoci. Blog Grandha.

Biossegurança Para Serviços de Estética Capilar: Farmacêutica Explica

Compartilhe:

Biossegurança e Estética Capilar

Em plena pandemia do novo coronavírus, a biossegurança tem recebido atenção como nunca antes. Além do momento delicado, o interesse cada vez maior por procedimentos de estética capilar exige dos profissionais das áreas de beleza, saúde e bem-estar uma grande responsabilidade e comprometimento com estas medidas protetivas no trabalho.

Na estética capilar, a biossegurança tem como principal fundamento lidar com as ações de prevenção e transmissão de doenças entre profissionais da área e clientes ou pacientes. Como estamos passando por um período onde as medidas de biossegurança devem ser executadas com atenção redobrada, abordarei aqui as principais medidas de biossegurança que podem e devem ser aplicadas neste contexto.

Veja também: Lavar os cabelos em tempos de pandemia.

Precauções Necessárias Para Garantir Biossegurança

Abaixo, algumas medidas que devem ser tomadas seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde, Anvisa, Sebrae e de manuais de boas práticas:

  • Adotar medidas adicionais para evitar a aglomeração de pessoas, como horários diferenciados para clientes ou pacientes: um atendimento por vez.
  • Disponibilizar, de forma visível e com fácil acesso, insumos como sabonete líquido, álcool gel 70% e Equipamento de Proteção Individual (EPI) – luvas e máscaras – para atendimento seguro e adequado. As luvas previnem a contaminação grosseira das mãos e a transmissão cruzada de microrganismos entre profissionais e clientes. Elas devem ser retiradas e descartadas depois do uso, entre um cliente e outro, além de se evitar tocar itens não contaminados ou superfícies no ambiente;
  • Mulher aplicando álcool gel nas mãos. Biossegurança contra coronavírus.

    Aplicação de álcool gel é eficaz para evitar contaminações.

  • A indicação da lavagem de mãos deve acontecer na presença de sujidades visíveis, antes e após o uso de luvas, após a utilização de instalações sanitárias e entre o atendimento a clientes (SIEGEL, 2007). O fato de não lavar as mãos aumenta a possibilidade de transmitir e adquirir doenças e o uso de luva não elimina a necessidade de lavá-las. Sabe-se, contudo, que alguns detalhes influenciam na adesão à lavagem de mãos, como a disponibilização de pias em locais de fácil acesso, próximo à área de trabalho, com distribuidores de sabão líquido e papel toalha. Podemos também disponibilizar uma limpeza e desinfecção dos calçados usando água sanitária;
  • Tesouras, escovas, pentes e outras ferramentas devem ser completamente desinfetadas entre os usos, bem como cadeiras e macas. Pode-se utilizar álcool 70%, água e sabão, hipoclorito de sódio em solução, etc. Além disso, é fundamental realizar a troca do lençol de papel sobre a maca a cada atendimento;
  • Manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar condicionado revisados e limpos, como filtros e dutos, e obrigatoriamente com janelas externas ou qualquer outra abertura, que contribua com a renovação do ar;
  • As toalhas utilizadas no atendimento devem ser de uso único, assim como todas as outras ferramentas que possivelmente forem utilizadas.

Conclusão

Em meio ao risco da disseminação microbiana, ações educativas podem e devem ser implementadas para ampliar o conhecimento dos profissionais a respeito das recomendações de biossegurança e do risco ocupacional, estimulando-os à adesão das práticas de biossegurança, higienização e saúde ocupacional, levando-se em conta fatores sociais, econômicos e culturais (GARBACCIO, 2012).

Sabemos de toda a importância dos cuidados de biossegurança na estética capilar e devemos sempre executá-los corretamente para, juntos, mantermos a saúde do profissional e dos clientes e pacientes. Em breve, tudo isso passará e retornaremos às atividades normais ainda mais fortes e melhores!


Referências:
1. https:saude.gov.br/component/tags/tag/oms
2. www.anvisa.gov.br
3. www.m.sebrae.com.br/
4. GARBACCIO,JULIANA LADEIRA OLIVEIRA ADRIANA CRISTINA DE. Biossegurança e risco ocupacional entre os profissionais do segmento de beleza e estética: revisão iintegrativa.Rev.Eletr. Enf. [Internet]. 2012 jul/sep;14(3):702-11. Available from: http://www.fen.ufg.br/revista/v14/n3/v14n3a28.htm.
5. SIEGEL JD, RHINEHART E, JACKSON M, CHIARELLO L. Healthcare Infection Control Practices Advisory Committee. Guideline for Isolation Precautions: Preventing Transmission of Infectious Agents in Healthcare Settings. Center for Disease Control and Prevention (CDC) 2007 Jun 219p. [cited 2010 set 04]. Available from: http://www.cdc.gov/hicpac/2007ip/2007isolationprecautions.html


Erica Cacoci é autora do Blog Grandha.

Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Como lavar cabelo em tempos de pandemia.

Lavar Cabelo em Tempos de Pandemia: Dúvidas de Higienização Capilar

Compartilhe:

Lavar Cabelo Com Sabonete?

Por conta das campanhas de incentivo à higienização constante das mãos com sabão, sabonete e álcool gel, muita gente deixou de lavar cabelo com shampoo. Por mais incrível que possa parecer, muitas pessoas o trocaram por sabonete, com medo de que shampoos convencionais não sejam capazes de eliminar o vírus do Covid-19, caso ele esteja presente nos fios. Por isso, vamos esclarecer alguns pontos e compreender porque essa não é uma boa ideia.

Lavar Cabelo Com Shampoo e Lavar Mãos Com Sabonete

Sabemos que a higienização capilar – couro cabeludo e fios – é um procedimento de higiene básica, assim como o banho, higienização das mãos, unhas e cuidados com a barba. Estas simples ações nos protegem da contaminação e do crescimento desmedido de microrganismos – bactérias, fungos, ácaros e vírus. Com isso, impedimos o surgimentos de muitas doenças e minimizamos a proliferação de outras.

Os cosméticos mais indicados para realização de higiene básica em casa são sabonetes – líquido ou em barra – e shampoos. Assim como cada região do corpo possui sua estrutura, composição e pH específicos, cada área deverá ser higienizada com o cosmético adequado. Para a limpeza do corpo e face podemos utilizar sabonete líquido – mais recomendável – e em barra e, para os cabelos e couro cabeludo, os shampoos.

Homem lavando as mãos com sabonete líquido. Lavar cabelo, somente com shampoo.

Use o sabonete para lavar as mãos, não o cabelo.

Uma Formulação Adequada Para Cada Situação

A formulação cosmética de cada um possui componentes muito similares. Porém, quando se trata de cuidados específicos, devemos lembrar que os sabonetes em barra geralmente apresentam um pH mais elevado do que o pH fisiológico da pele. Vale lembrar também que banhos diários com sabonetes antissépticos não são necessários. Logo, as formulações de sabonete líquido e shampoo se adaptam melhor às exigências naturais da pele, couro cabeludo e haste dos fios.

Atualmente, vivemos uma pandemia, onde as ações de higiene básica e conduta pessoal são as verdadeiras armas de combate à propagação do vírus. Para nos protegermos, os cabelos devem ser higienizados com o shampoo da sua preferência, na frequência desejada, pois os tensoativos – detergentes – que fazem parte do coquetel de limpeza são eficazes na inviabilização do vírus. Neste caso, não se faz necessário o uso de sabonete em barra para higienizar os fios e o couro cabeludo.

Portanto, continue utilizando suas formulações cosméticas desejadas. Algumas matérias-primas fornecem benefícios exclusivos no combate aos distúrbios da microbiota do couro cabeludo e da pele, são elas: Fine Herbal Shampoo, Eucalyptus Shampoo, Body Soap e Tea Tree Up Ice Shampoo Anticaspa.


Ursula Abelan é farmacêutica e bioquímica. Blog Grandha. Água de coco para a pele com Acqua Soft.

Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Comunicado Grandha sobre a pandemia de coronavírus (Covid-19).

Distanciamento Social: Pandemia de Covid-19 (Coronavírus)

Compartilhe:

Comunicado

Em decorrência dos acontecimentos da última semana e tendo em vista a preservação de nossos funcionários e colaboradores, estenderemos a ação de distanciamento social e prosseguiremos trabalhando em home office entre os dias 30/03 e 03/04. Ao fim deste período, reavaliaremos a situação e emitiremos novo comunicado.

Aproveitamos esta delicada ocasião para reforçar que nossas atividades não foram e não serão interrompidas em nenhum momento, apesar do fechamento temporário de nossa sede física.

Com nossos melhores cumprimentos,

Diretoria
Grandha Professional Hair Care


Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Page 1 of 212

Loja Virtual

Mídias Sociais

Facebook Grandha.

Instagram Grandha

YouTube Grandha