Facebook Grandha.
Instagram Grandha
YouTube Grandha
Como escolher o óleo essencial certo para cada situação.

Saiba Como Escolher o Óleo Essencial Certo Para Cada Situação

Compartilhe:

Como Escolher o Óleo Essencial Certo?

Os óleos essenciais possuem uma concentração molecular muito particular e uma densidade que fazem destes produtos medicamentos muito interessantes, muitas vezes entregando resultados visíveis imediatamente, já na primeira aplicação.

Se você tem um sintoma ou patologia em que você precise escolher um óleo, confie o seu nariz. O nariz está ligado à intuição. É um primeiro aspecto da seleção do óleo essencial, porque a intuição olfativa está diretamente conectada à resolução do próprio problema, de acordo com Dominique Baudoux [1].

Porém, é importante se atentar ao fato de que apesar de naturais, os óleos essenciais podem ser bastante tóxicos se aplicados em medidas inadequadas.

Os principais riscos estão relacionadas à saúde dos tecidos cutâneos, já que muitos óleos podem “queimar” a pele, por suas características cáusticas. Isso não significa que estes óleos sejam nocivos e precisem ser evitados; significa apenas que devemos diluí-los adequadamente em algum óleo vegetal adequado para o caso em questão.

Como Se Atesta o Funcionamento do Óleo Essencial em Cada Caso?

Segundo Baudoux, a melhor maneira de compreender e escolher bem o óleo essencial adequado para cada situação, o mais importante é fazer uma análise das propriedades das moléculas presentes em cada óleo essencial.

Por exemplo, o óleo essencial de bergamota faz parte do grupo das cumarinas – metabólicos secundários encontrados em diversas plantas – , que possuem efeitos positivos como calmante, hipotensor e anticoagulante. Os óleos essenciais do grupo dos cumarinos atuam especialmente sobre o sistema nervoso através de moléculas – dentre outras – como a angelicina e o bergapteno.

Além dessa aplicação medicamentosa, os óleos essenciais são fontes de energia quando aplicados para casos bastantes específicos e, por isso, são utilizados há gerações na prática de acupuntura, massagem e outros cuidados de saúde, beleza e bem-estar.

Uma terceira via de funcionamento dos óleos essenciais é o que Dominique Baudoux chama de função “mensageira”, veiculada pela fragrância captada pelo neuro-receptores que desencadearão respostas emocionais para combater problemas de ansiedade, depressão, etc.

Conclusão

A escolha do óleo essencial certo para cada situação é um processo bastante complexo e que depende de uma análise detalhada de uma grande variedade de fatores técnicos, incluindo a condição do organismo que receberá o tratamento. Portanto, a escolha do óleo essencial certo depende de uma análise que deve necessariamente ser realizada por um profissional habilitado e experiente.


Referência:
[1] BAUDOUX, Dominique. Aromathérapie: Les nouveaux chemins de la santé. 2017.


Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Loja Virtual

Mídias Sociais

Facebook Grandha.

Instagram Grandha

YouTube Grandha