Facebook Grandha.
Instagram Grandha
YouTube Grandha
Massagem modeladora com óleo essencial de gengibre ajuda no combate a celulite.

Massagem Modeladora e Óleo Essencial de Gengibre Combatem Celulite

Compartilhe:

Óleo Essencial de Gengibre na Massagem Modeladora

Hoje vamos falar sobre o uso de óleos – mais especificamente, o óleo essencial de gengibre – em procedimentos de massagem modeladora. Uma característica importante da sociedade atual é a busca e preocupação com a beleza estética e bem-estar físico. Esta busca constante contribui para o aumento crescente de tratamentos estéticos não invasivos, de forma a minimizar as imperfeições corporais.

Para Crippa (2016), a massagem modeladora é uma técnica que promove a remodelação do tecido conjuntivo, utilizando movimentos de deslizamento, amassamento, rolamento e fricção. Ela auxilia nos processos de emagrecimento, ao criar calor e hiperemia por meio de pressão mecânica, causando aumento da circulação sanguínea e maior gasto energético. Assim, melhora os contornos corporais, além de proporcionar diminuição do estresse e ansiedade.

Curso Online – Últimas Vagas!

  • Protocolos Funcionais em Saúde Integrativa
  • Apresentado por Dra. Erica Bighetti
  • 4 de junho, das 19 às 22h00
Doutora em Clínica Médica Erica Bighetti.

GARANTA SUA VAGA AGORA

Massagem modeladora com óleo de gengibre para remodelação do tecido conjuntivo.

A massagem modeladora é uma técnica que promove a remodelação do tecido conjuntivo.

Para a realização desta técnica são utilizados principalmente os cremes contendo ativos cosméticos com propriedades lipolíticas, hiperemiantes, drenantes, anti-inflamatórias e estimulantes da síntese de colágeno. Os ativos cosméticos oriundos do reino vegetal desempenham um papel importante nos tratamentos estéticos em geral, como por exemplo, os extratos vegetais, os óleos vegetais e os óleos essenciais.

Propriedades do Óleo Essencial de Gengibre

O gengibre – Zingiber officinalis L – é uma erva rizomática originária do sudoeste da Ásia e do Arquipélago Malaio. Está entre as mais antigas e apreciadas especiarias de toda a história. Seus rizomas altamente aromáticos são empregados na culinária e na medicina tradicional desde a Antiguidade. O Gengibre foi introduzido na Europa durante a Idade Média, pela rota das especiarias, sendo posteriormente levado à América do Sul pelos espanhóis.

Curso Online – Últimas Vagas!

  • Protocolos Funcionais em Saúde Integrativa
  • Apresentado por Dra. Erica Bighetti
  • 4 de junho, das 19 às 22h00
Doutora em Clínica Médica Erica Bighetti.

GARANTA SUA VAGA AGORA

Gengibre possui óleo essencial poderoso para combate à celulite.

Além de auxiliar no combate à celulite, emagrecimento e controle do colesterol, o óleo essencial de gengibre trata náuseas, dores de estômago, distúrbios menstruais, inflamações e doenças respiratórias.

O gengibre é uma planta herbácea, perene, de rizoma articulado e carnoso, revestido de epiderme rugosa e de cor pardacenta. Seu rizoma apresenta corpo alongado, um pouco achatado, com ramos fragmentados irregularmente. O óleo essencial de gengibre é de cor amarelo-claro ou cor de âmbar, com um odor quente, acentuado e picante. Possui aplicação na indústria de alimentos como aromatizante e condimento e, na indústria cosmética, como fragrância, antioxidante e anti-inflamatório (Sousa, et al., 2019).

A presença do 6-gingerol no óleo essencial de gengibre inibe a fosforilação de algumas quinases inflamatórias e o 6-soagol elimina ativamente o óxido nítrico, inibindo a via do ácido araquidônico, que são poderosos agentes inflamatórios. Desta forma é um bom termogênico, trazendo excelente contribuição para os tratamentos de celulite e outras adiposidades, quando associado às massagens modeladoras.

Curso Online – Últimas Vagas!

  • Protocolos Funcionais em Saúde Integrativa
  • Apresentado por Dra. Erica Bighetti
  • 4 de junho, das 19 às 22h00
Doutora em Clínica Médica Erica Bighetti.

GARANTA SUA VAGA AGORA


Referências:
1. Sousa JP, Sarturi L, Abreu AR, Sousa TA, Geron VLMG. Breve relato sobre os efeitos terapêuticos do gengibre (Zingiber officinale Roscoe). Rev Cient da Fac Educ e Meio Ambiente: Revista da Faculdade de Educação e Meio Ambiente FAEMA Ariquemes, vol10, n. 1, p 44 – 53. jan – jun. 2019.
2. Crippa, VO. Técnicas não invasivas para redução da lipodistrofia localizada: evidências atuais. Ênfase no tratamento com criolipólise. INFARMA. v. 28, n. 4. 2016.


Doutora Erica Bighetti, autora do Blog Grandha.

Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Thony Castro sobre reflexologia podal e seus detalhes.

O que é Reflexologia Podal? Saiba Tudo Sobre Esta Técnica Milenar

Compartilhe:

Origens da Reflexologia Podal

A reflexologia podal é uma técnica manual terapêutica em que a pressão ou deslizamento em determinados pontos nos pés, podem promover alívio das tensões no cuidado de pessoas, com intuito de ajuda-las no tratamento de suas disfunções, através da sua ação reflexa.

Não se sabe ao certo em que momento iniciou-se a prática da reflexologia. Há quem diga que suas origens remontam a 5000 a.C., na China Antiga. No entanto, achados arqueológicos que datam de 2500 a.C. em Saqqaral, no Egito, na tumba de Ankmahorum médico egípcio, parecem já documentar esta antiga técnica terapêutica manual.

Em meu entender, uma das grandes joias desta descoberta é que neste pictograma com imagens que remetem ao terapeuta massageando os pés e mãos, encontra-se os dizeres que sugerem a conversa entre terapeuta e cliente:

– Por favor não me machuque.

– Agirei de forma a me elogiar.

Thony Castro sobre reflexologia podal e seus detalhes.

Reflexologia Podal: longa tradição de aplicação para relaxamento e alívio de dores.

Ao me projetar para esta cena, acho sugestivo que a pressão exercida nestes pontos de tensão eram suficientes para gerar uma percepção a quem recebia a aplicação da técnica, mas, na sequência, o terapeuta – vou chamá-lo assim – enfatiza que só entregará a quem está sendo cuidado aquilo que ele está disposto a receber.

Reflexologia Podal Integra Uma Longa Tradição de Cuidados

Alguns estudiosos das manobras manuais terapêuticas e suas aplicabilidades, tanto nos cuidados de disfunções que envolvem esferas físicas ou emocionais, influenciaram na forma como estas técnicas são empregadas atualmente. Huang Ti Nei Ching – 1800 a.C. – descreveu práticas manuais com a finalidade de tratar e prevenir doenças ao promover o equilíbrio da energia vital.

Hipócrates, considerado o maior médico da antiguidade, em 400 a.C. tratava doenças com fricção e maceração de ervas medicinais. Per Herink Ling (1776–1839), um médico sueco que instituiu a Massagem Sueca e a Educação Física Moderna, aperfeiçoou técnicas antigas e tratou tensões musculares, promovendo melhora respiratória e observando a atuação desta técnica sobre o sistema nervoso vegetativo.

Uma das mais importantes descobertas foi a do americano Dr. William Fitzgerald (1872-1942), que através dos estudos sobre as técnicas utilizadas por índios e muitas pesquisas na Europa, conseguiu organizar o conhecimento acerca de como técnicas manuais terapêuticas poderiam ajudar no alívio das dores de pequenas cirurgias. Ele utilizava prendedores de roupa na ponta dos dedos para gerar efeitos anestésicos em regiões distantes do local dos pontos de pressão. Este primeiros experimentos resultaram na descoberta da chamada “Terapia Zonal”.

Metodologias Atuais

Atualmente, utiliza-se principalmente dois métodos distintos:

Método Rwo Shur

O Método Rwo Shur, desenvolvido pelo Padre Joseph Eugster em Taiwan, com pontos de pressão mais incisiva e um tanto quanto doloroso, gerando mais revitalização.

Método de Compressão Ingham

O Método de Compressão Ingham, desenvolvido por Eunice Inghan em 1930, nos Estados Unidos, com deslizamento e menos dor, promovendo mais relaxamento.

Compreensão da Utilidade da Reflexologia no Cotidiano

A homeostase – um ponto de equilíbrio fisiológico – do organismo é favorecida pelo forma como a energia vital mantém, ou não, o seu ritmo. A falta de equilíbrio destas energias pode se manifestar em disfunções corporais ou até mesmo em inconstância no sistema nervoso simpático, como por exemplo: aumento de sudorese, aumento do ritmo cardíaco, alterações da pressão arterial, etc.

É muito comum que estes desequilíbrios manifestem-se através de alterações emocionais, tanto na oscilação de humor, quanto causando inquietação, medo e raiva. As manobras manuais terapêuticas da reflexologia podal trabalham os pontos de reflexos corporais do “mapa zonal”, localizados nas seguintes regiões: plantar (sola dos pés), medial (interna dos pés), lateral (externa dos pés) e dorsal (de cima dos pés).

Ao realizar uma análise profissional, o reflexo-terapeuta identificará pontos dolorosos de tensões e sua correlação com o estado geral de saúde. Em seguida, desenvolverá trabalhos direcionados a desfazer estas tensões restabelecendo estes pontos. Buscar formação para saber localizar pontos de tensão – “cristais” – e ter conhecimento sobre a inter-relação com os sistemas corporais em esferas físicas e emocionais é fundamental para a prática da reflexologia podal, especialmente quando a técnica manual é acompanhada de produtos específicos para massagens terapêuticas.


Tony Castro é educador Técnico Grandha, formado em Terapia Capilar pela Academia Brasileira de Tricologia e em Terapias BC pela Ask Education, atua há mais de 20 anos como profissional da beleza.

Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Massagem com óleo vegetal em mulher.

Os Benefícios dos Óleos Vegetais na Massagem Terapêutica

Compartilhe:

O Que São Óleos Vegetais?

Óleos Vegetais são óleos extraídos de sementes ricas em vitaminas. Os óleos vegetais podem ser utilizados em massagem corporal, massagem capilar e massagem facial. Dentre os aspectos mais relevantes, podemos citar que os óleos vegetais diminuem as chances de desenvolvimento de alergias e irritações porque possuem afinidade natural com a pele.

Massagem com óleo vegetal em mulher.

Massagem com óleos vegetais oferece diversos benefícios à saúde e à pele.

Além disso, também apresentam diversos benefícios associados à nutrição do couro cabeludo, cabelo e pele. Podem transportar vitaminas lipossolúveis, tais como A, D, E e K.

Os óleos vegetais também estimulam a hidratação por serem umectantes emolientes e lubrificantes. Atuam na prevenção de lesões, contribuem muito positivamente com a cicatrização de feridas, agem como bactericidas, auxiliam na síntese do crescimento capilar, são fontes de ácidos graxos essenciais não produzidos pelo organismo.

Óleos Vegetais: Abacate

Devido à grande quantidade de fito-esteróis e vitamina E, o Óleo Vegetal de Abacate apresenta muitas propriedades positivas, podendo ter diversas finalidades. A alta concentração de beta-sitosterol confere aos óleos de abacate suas propriedades bactericidas, antivirais e anti-inflamatórias.

A presença de vitamina E no óleo de abacate é determinante para sua ação antioxidante e auxilia na prevenção de marcas de expressão e envelhecimento precoce da pele. Seu uso na terapia capilar está relacionado o tratamento da queda capilar, psoríase, dermatite e couro cabeludo seco e irritado.

Óleo Vegetal de Abacate para Massagem Terapêutica.

Óleo Vegetal de Abacate.

Óleos Vegetais: Jojoba

O Óleo Vegetal de Jojoba é composto por vitaminas A, B1, B2 e E, além de contar também com o ácido mirístico. Porém, sua composição é quase que exclusivamente constituída pela ceramida, presente em 96% do óleo. Tem a potência de ser doador de brilho aos fios e atua como estimulante de crescimento capilar.

Óleo Vegetal de Jojoba para Massagem Terapêutica.

Semente de jojoba, de onde é extraído o óleo vegetal.

Óleo Vegetal de Macadâmia

O Óleo Vegetal de Macadâmia possui diversas finalidades, mas seu uso mais comum está associado aos cuidados com a beleza, pois é composto de ácidos oleicos como o ômega 9 e o ômega 7, além de substâncias antioxidantes.

Nos cabelos, a presença de gorduras monoinsaturadas no óleo de macadâmia ajuda a proteger o couro cabeludo contra raios UV, vento, poluição, chapinha, secador e produtos químicos. Nos cabelos, repara a elasticidade natural da fibra capilar, evitando que os fios se quebrem. É um óleo recomendado para cabelos quimicamente tratados ou danificados.

Óleo Vegetal de Macadâmia para Massagem Terapêutica.

O óleo vegetal de macadâmia é extraído diretamente do fruto oleoginoso.

Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta

O Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta ajuda no processo de cicatrização de feridas, melhora a nutrição e circulação sanguínea e, consequentemente, elimina marcas de expressão da pele. Recupera sua textura natural, lubrificando-a e provendo elasticidade. Distribuir melhor a pigmentação, elimina manchas da pele causadas pelo sol ou por envelhecimento natural.

Proporciona excelentes resultados também na cicatrização de queimaduras. Produz melhora significativa no tratamento de casos como xerose, psoríase, dermatites e inflamações. Realiza ações na terapia capilar em cicatrização e regeneração da pele.

Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta para Massagem Terapêutica.

Fruto da rosa mosqueta, de onde é extraído o óleo vegetal.

Óleo Vegetal de Semente de Uva

O Óleo Vegetal de Semente de Uva possui um elevado teor de tocoferol e ácido linoleico, que são responsáveis pelas suas diversas aplicações. O tocoferol, mais conhecido como vitamina E, é um antioxidante que ajuda na manutenção e regeneração do tecido cutâneo.

O ácido linoleico, ou ômega 6, é um ácido graxo com propriedades anti-inflamatórias, muito importante na cicatrização da pele. No cabelo, é usado principalmente para dar brilho à haste após processos de coloração e também por sua função antioxidantes, que mantém a cor por mais tempo.

Óleo Vegetal de Semente de Uva para Massagem Terapêutica.

Óleo Vegetal de Semente de Uva.

Benefícios da Massagem com Óleos Vegetais

Você sabia que 1 hora de massagem relaxante com óleos vegetais equivale de 7 a 8 horas de sono noturno? Além de nutrir a pele, os óleos vegetais podem ser misturados entre si, potencializando sua ação. São inúmeros os benefícios da massagem e, se associada ao uso de óleos vegetais e também essenciais, podem melhorar bastante as respostas imunológicas e a saúde em geral.


Nadhia Souza é visagista e autora do Blog Grandha.

Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Loja Virtual

Mídias Sociais

Facebook Grandha.

Instagram Grandha

YouTube Grandha