Facebook Grandha.
Instagram Grandha
YouTube Grandha
Thony Castro sobre reflexologia podal e seus detalhes.

O que é Reflexologia Podal? Saiba Tudo Sobre Esta Técnica Milenar

Compartilhe:

Origens da Reflexologia Podal

A reflexologia podal é uma técnica manual terapêutica em que a pressão ou deslizamento em determinados pontos nos pés, podem promover alívio das tensões no cuidado de pessoas, com intuito de ajuda-las no tratamento de suas disfunções, através da sua ação reflexa.

Não se sabe ao certo em que momento iniciou-se a prática da reflexologia. Há quem diga que suas origens remontam a 5000 a.C., na China Antiga. No entanto, achados arqueológicos que datam de 2500 a.C. em Saqqaral, no Egito, na tumba de Ankmahorum médico egípcio, parecem já documentar esta antiga técnica terapêutica manual.

Em meu entender, uma das grandes joias desta descoberta é que neste pictograma com imagens que remetem ao terapeuta massageando os pés e mãos, encontra-se os dizeres que sugerem a conversa entre terapeuta e cliente:

– Por favor não me machuque.

– Agirei de forma a me elogiar.

Thony Castro sobre reflexologia podal e seus detalhes.

Reflexologia Podal: longa tradição de aplicação para relaxamento e alívio de dores.

Ao me projetar para esta cena, acho sugestivo que a pressão exercida nestes pontos de tensão eram suficientes para gerar uma percepção a quem recebia a aplicação da técnica, mas, na sequência, o terapeuta – vou chamá-lo assim – enfatiza que só entregará a quem está sendo cuidado aquilo que ele está disposto a receber.

Reflexologia Podal Integra Uma Longa Tradição de Cuidados

Alguns estudiosos das manobras manuais terapêuticas e suas aplicabilidades, tanto nos cuidados de disfunções que envolvem esferas físicas ou emocionais, influenciaram na forma como estas técnicas são empregadas atualmente. Huang Ti Nei Ching – 1800 a.C. – descreveu práticas manuais com a finalidade de tratar e prevenir doenças ao promover o equilíbrio da energia vital.

Hipócrates, considerado o maior médico da antiguidade, em 400 a.C. tratava doenças com fricção e maceração de ervas medicinais. Per Herink Ling (1776–1839), um médico sueco que instituiu a Massagem Sueca e a Educação Física Moderna, aperfeiçoou técnicas antigas e tratou tensões musculares, promovendo melhora respiratória e observando a atuação desta técnica sobre o sistema nervoso vegetativo.

Uma das mais importantes descobertas foi a do americano Dr. William Fitzgerald (1872-1942), que através dos estudos sobre as técnicas utilizadas por índios e muitas pesquisas na Europa, conseguiu organizar o conhecimento acerca de como técnicas manuais terapêuticas poderiam ajudar no alívio das dores de pequenas cirurgias. Ele utilizava prendedores de roupa na ponta dos dedos para gerar efeitos anestésicos em regiões distantes do local dos pontos de pressão. Este primeiros experimentos resultaram na descoberta da chamada “Terapia Zonal”.

Metodologias Atuais

Atualmente, utiliza-se principalmente dois métodos distintos:

Método Rwo Shur

O Método Rwo Shur, desenvolvido pelo Padre Joseph Eugster em Taiwan, com pontos de pressão mais incisiva e um tanto quanto doloroso, gerando mais revitalização.

Método de Compressão Ingham

O Método de Compressão Ingham, desenvolvido por Eunice Inghan em 1930, nos Estados Unidos, com deslizamento e menos dor, promovendo mais relaxamento.

Compreensão da Utilidade da Reflexologia no Cotidiano

A homeostase – um ponto de equilíbrio fisiológico – do organismo é favorecida pelo forma como a energia vital mantém, ou não, o seu ritmo. A falta de equilíbrio destas energias pode se manifestar em disfunções corporais ou até mesmo em inconstância no sistema nervoso simpático, como por exemplo: aumento de sudorese, aumento do ritmo cardíaco, alterações da pressão arterial, etc.

É muito comum que estes desequilíbrios manifestem-se através de alterações emocionais, tanto na oscilação de humor, quanto causando inquietação, medo e raiva. As manobras manuais terapêuticas da reflexologia podal trabalham os pontos de reflexos corporais do “mapa zonal”, localizados nas seguintes regiões: plantar (sola dos pés), medial (interna dos pés), lateral (externa dos pés) e dorsal (de cima dos pés).

Ao realizar uma análise profissional, o reflexo-terapeuta identificará pontos dolorosos de tensões e sua correlação com o estado geral de saúde. Em seguida, desenvolverá trabalhos direcionados a desfazer estas tensões restabelecendo estes pontos. Buscar formação para saber localizar pontos de tensão – “cristais” – e ter conhecimento sobre a inter-relação com os sistemas corporais em esferas físicas e emocionais é fundamental para a prática da reflexologia podal, especialmente quando a técnica manual é acompanhada de produtos específicos para massagens terapêuticas.


Tony Castro é educador Técnico Grandha, formado em Terapia Capilar pela Academia Brasileira de Tricologia e em Terapias BC pela Ask Education, atua há mais de 20 anos como profissional da beleza.

Acompanhe nossas atualizações e novidades no Facebook Grandha.

Grandha Instagram. @grandhabrasil, siga-nos no Instagram.


Loja Virtual

Mídias Sociais

Facebook Grandha.

Instagram Grandha

YouTube Grandha